Encontre o produtor por País

Conheça a história por trás do rótulo

Vinyes Domènech

Montsant / Espanha

Moldados com ênfase na Garnacha, cepa espanhola de grande destaque no atual cenário vitivinícola mundial, proveniente de antigos vinhedos cultivados em terraços, os vinhos de filosofia orgânica e sustentável desta vinícola são originais, expressivos e instigantes, reflexo do terroir desta área de produção da Catalunha

A partir de antigas vinhas de Garnacha adquiridas em 2002 – variedade tinta autóctone da Espanha que ganhou fama mundial após sua migração para a França, em particular no Sul do Vale do Rhône, onde faz parte do corte de vinhos como o Chateauneuf-du-Pape–, a família Domènech trilhou seus primeiros passos no universo do vinho, ao recuperar uma das fazendas mais tradicionais e emblemáticas da antiga denominação de origem Tarragona-Falset, hoje Montsant DO.
Localizados ao sul do pueblo de Capçanes, vizinha ao chamado “Priorato Histórico”, região vinícola espanhola internacionalmente famosa pela produção de vinhos originais e vibrantes, os vinhedos, com mais de 70 anos cultivados no velho sistema espanhol en cabeza ou vaso (sem arames de condução) são a base principal da matéria-prima que molda a personalidade única de um de seus principais rótulos – o raro monocasta Teixar – verdadeira joia que expressa todo o potencial da Garnacha no terroir da Catalunha.
De coadjuvante em outras regiões vinícolas do Velho e Novo Mundo, onde surge como uva de corte, a Garnacha é protagonista de primeira grandeza em Montsant. Como é uma uva de maturação prolongada, seus altos índices de açúcar permitem elaborar vinhos encorpados, alcoólicos e de agradável acidez. Tradicional em regiões da Espanha como Rioja, Aragón e Catalunha, a Garnacha costuma compor na França, no Vale do Rhône, o assemblage com a Mouvèdre, a Carignan e a Cinsault. Na Austrália, ela se mescla habitualmente à Syrah e à Mourvèdre, formando o conhecido corte “GSM”, mas também pode brilhar solitária, como nos excepcionais vinhos da Clarendon Hills, estrelas de primeira grandeza do catálogo da Vinissimo. Também integra o DNA de vinhos rosados na França e na Espanha e de alguns vinhos fortificados franceses como o Banyuls.
Cultivadas em terrazas (terraços), sistema que utiliza patamares escavados em encosta íngremes (entre 10 e 35 graus de inclinação), as vinhas orgânicas da Domènech estão situadas em uma área de conservação ambiental, cercada de montanhas, bosques e fontes de água protegidas. Harmoniosamente integrada ao ecossistema local, a Vinyes Domenèch é denominada “vinícola verde” ou “bioclimática”, pois adota uma série de práticas sustentáveis tanto no cultivo dos vinhedos quanto na adega, entre elas, a utilização de energias renováveis como a solar e da água proveniente das chuvas e mananciais que cortam a propriedade, buscando otimizar os recursos agrícolas e conservar o patrimônio natural da área onde está situada.
Montsant possui clima marítimo/continental, com verões secos e quentes, amenizados pela brisa vinda do Mediterrâneo, com pluviosidade média de 450-500mm ao ano. Já no inverno apresenta temperaturas muito baixas, com chuvas moderadas.
Com altitudes na casa dos 500 e 550 metros, a topografia e a geografia peculiares dessa parte da Catalunha proporcionam áreas de grande exposição solar e grande amplitude térmica ou seja, a diferença de temperatura entre o dia e a noite, permitindo lento e gradual amadurecimento das uvas, garantindo sua plena maturidade e taninos de ótima textura, conservando a acidez natural, fato que contribui de forma decisiva para o perfeito equilíbrio dos vinhos. O solo típico da cordilheira costeira do Mediterrâneo, é composto por camadas de argila e calcário, intercaladas com áreas pedregosas, composição esta que permite ótima drenagem e equilíbrio hídrico ideal para o desenvolvimento das vinhas.
A combinação de todas essas características e cuidados especiais na vinificação dos vinhos, associados ao entorno ecológico imponente no qual a Vinyes Domènech está inserida, fazem com que o terroir desta D.O. origine vinhos singulares e instigantes, marcados pelo paladar mineral e o equilíbrio entre grau alcoólico, acidez, cor, estrutura e complexidade de aromas e sabores. Além da Garnacha, vocação natural da região e foco principal da vinícola, também são plantadas as tintas Merlot, Syrah e Cabernet Sauvignon e as brancas Garnacha Blanca e Macabeo, provenientes de vinhas com idade entre 12 e 70 anos, numa área de 15 hectares. A partir delas são elaborados os tintos Teixal (100% Garnacha, de vinhedos com 40 e 70 anos, com estágio de 14 meses em barricas francesas novas de tostagem média), Furvus (corte de 80% de Garnacha e 30% de Merlot, de vinhedos com 25 anos, com passagem de 13 meses em barricas francesas e americanas de primeiro e segundo anos) e Bancal (60% de Garnacha, 20% de Syrah e 20% de Cabernet Sauvignon, 6 meses em barricas francesas e americanas).
Com alta qualidade e amplo reconhecimento pelas mais conceituadas publicações e guias de vinho, os vinhos da Vinyes Domenèch vêm se somar à gama de vinhos de Garnacha da Vinissimo, importadora que se tornou uma referência obrigatória desta varietal no Brasil.

Voltar